Este site utiliza cookies próprios e de terceiros para melhorar a experiência e os serviços. Se você continuar navegando, significa que aceita o seu uso. Para mais informações, aceda a nossa Política de Cookies

Máquina de termoselagem (OverSkin TSS 126)

Produto da empresa Albipack - Packaging Systems Solutions

Permite embalar cuvetes de forma tradicional e também produtos especiais.

A Albipack ajuda os seus clientes ao selecionar a mais adequada solução. A nossa proposta consiste em apresentar soluções inovadoras e personalizadas para cada fase da Embalagem em Atmosfera Modificada (MAP) de modo a alcançar resultados máximos. A qualidade do processo de embalamento em Atmosfera Modificada (MAP) desempenha um papel fundamental na garantia de prolongamento do “tempo de prateleira” de uma forma natural.

O princípio fundamental desta tecnologia é a substituição do ar da embalagem por uma mistura de gases. Assim, o “tempo de prateleira” do produto estende-se até quatro ou cinco vezes mais relativamente à sua duração original. Uma das vantagens do embalamento MAP é também a preservação e o aumento da segurança e proteção. Este tipo de embalagem pode ser obtido ao utilizar máquinas termoseladoras, máquinas de embalar termoformadoras e máquinas de embalar com câmara de vácuo.

Método de embalagem a vácuo

A embalagem a vácuo prolonga o “tempo de prateleira” dos produtos. A manutenção do produto orgânico tem, desse modo, um tempo de vida prolongado. Com a técnica da embalagem a vácuo, o processo de oxidação é inquestionavelmente desacelerado. Assim, é possível prevenir o desenvolvimento de microbactérias e preservar a frescura do produto durante mais tempo.

Graças ao vácuo, o produto também é fixado na embalagem de modo a criar uma proteção adicional. Todas as linhas podem ser utilizadas para embalar a vácuo qualquer tipo de material e consistência. É garantido um produto final protegido e preservado em perfeitas condições.

Método skin

Imagine que acabou de preparar um molho para os primeiros pratos a servir no seu restaurante: todos os chefes sabem que não é possível preparar condimentos frescos diariamente, e, por essa razão, é essencial encontrar a melhor forma para preservar os preparados sem perder o sabor. Para isso, é crucial utilizar máquinas seladoras a quente para cuvetes, que conseguem isolar os preparados na perfeição e manter sempre inalterado o sabor.

Escusado será dizer que estes equipamentos não trabalham unicamente com molhos e condimentos: as seladoras a quente para cuvetes estão preparadas para fechar de forma perfeita cuvetes de tamanhos diferentes e com conteúdos diferentes. A sua utilização pode variar entre restaurantes pequenos ou de grande dimensão até centros de produção de queijo fresco, passando para empresas envolvidas na produção de doces e geleias de vários tipos.

Os equipamentos deste género são essenciais para cada setor e já é provado que representam um investimento verdadeiramente indispensável.

Graças à tecnologia OverSkin a termoseladora semiautomática TSS 126 permite embalar cuvetes de forma tradicional, mas também o embalamento de produtos especiais como carnes gourmet ou crustáceos, com grandes dimensões, até 40 mm de altura. A eficiência tecnológica da TSS 126 pode ser combinada com o novo sistema de embalamento sobre cartão com impressão personalizável para uma selagem inovadora com forte impacto estético.

Sobre a empresa Albipack - Packaging Systems Solutions

Albipack - Packaging Systems Solutions

Albipack - Packaging Systems Solutions

Líder em equipamentos de embalagem para todo o tipo de aplicação. Desenvolvemos projetos à sua medida para satisfazer todas as suas necessidades de embalagem.

Águeda, Aveiro, Portugal

.P-CTA-1584173-1584206