O DIRETÓRIO INDUSTRIAL
Contacte diretamente com as empresas

Etiquetas para a cadeia do frio (Bizerba TTI)

  • A última tecnologia à sua disposição para um correcto controlo da cadeia de frio.

Informação detalhada sobre Etiquetas para a cadeia do frio

Frescura à primeira vista

  • Etiquetas TTI
  • Indicador de tempo-temperatura (Time Temperature Indicator)

Serve para manter a cadeia do frio e, portanto, para supervisar o grau de frescura de um alimento e mostrar os pontos débil que aparecem maioritariamente nos produtos refrigerados nos pontos de ligação de uma cadeia logística. Contudo, uma TTI só funciona quando realiza a avaliação da curva de frescura de um alimento e tem em sua cinética as mesmas "propriedades de deterioro" que o próprio alimento. Só então pode mostrar com fiabilidade o seu estado real.

O facto de que neste contexto a data de conservação mínima já não seja suficiente, já foi demostrado de forma sobrada através dos escândalos no sector alimentar no passado.

Numa etiqueta convencional estes dados só são fiáveis se o produtor expôs o alimento a umas condições óptimas até a sua venda na caixa registadora. Entre estas encontram-se:

  • Uma temperatura ideal geral.
  • O grau de húmidade no ambiente mais próximo.
  • A mistura de ar-gás com a que entra no contacto.
  • As condições de luz durante a armazenagem.
  • O tipo de embalagem ou material.

Isto joga um papel decisivo, em especial para todos os alimentos perecíveis embalados como peixe, carne, mariscos, pão e produtos lácteos, pratos preparados e produtos préconzinhados, como frutas e verduras. Se o consumidor não pode confiar na data de caducidade mínima, então o seguimento até o causante resulta extremadamente problemático, incluso impossível.

Os sistemas de longa duração estendem-se

Resultado: necessita-se de uma solução que permita detectar claramente o cumprimento da cadeia do frio e, em consequência, os seus efeitos sobre o grau real de frescura dos alimentos. Uma solução que seja igual de fácil de manejar e de ler para os produtores, o comércio e os clientes finais.

Madurez na Suíça  

  • As etiquetas de várias capas necessitam de um maior esforço de fabricação, pelo que são mais caras e pouco atractivas.
  • As etiquetas físicas são complicadas e, em consequência, pouco rentáveis.
  • As etiquetas biológicas não acabam por ser aceites pelos consumidores.
  • As etiquetas electrónicas são pouco realistas.

O mercado já reage

Um valor agregado claro, já que o grau de frescura dos seus alimentos pode ser visto a primeira vista.

  • Delimitação bem definida em relação à concorrência graças a uma maior aproximação ao cliente.
  • Aumento das propriedades de protecção e de qualidade a favor do consumidor.
  • De acordo com alguns estudos, estas já aumentaram em seis por cento para alimentos em perfeito estado.

Assim pois, nada está mais perto que aproveitar o nome comercial OnVu™ com todas as suas vantagens: frescura à primeira vista... e integrar num conceito de marcação unitário.

Tecnologia inovadora

A Bizerba dispõe de sistemas industriais e instalações, assim como da técnica de activação e aplicação que torna possível por primeira vez a etiquetagem TTI para o mercado de massas: num só passo de trabalho teme lugar a activação, a colocação do filtro e a codificação da embalagem com todos os dados de seguimento. Por outro lado, a etiqueta de sistema TTI aplica-se como uma etiqueta de identificação convencional.

Entre as tecnologias aplicáveis da Bizerba conta-se:

  • Os dispositivos de activação GLP-TTI para a marcação manual.
  • Os dispositivos de activação LDI-TTI para a marcação automática.

Com este sistema uniforme e até agora exclusivo "from product to consumer", a Bizerba não tem concorrência alguma.

Outros produtos da empresa

.P-CTU-1584420