O DIRETÓRIO INDUSTRIAL
Contacte diretamente com as empresas

EMAF e FIMAP juntam forças pela indústria nacional

  • 17/04/2012, Porto

  • A EMAF - Feira Internacional de Máquinas, Equipamentos e Serviços para a Indústria (14.ª edição) e a FIMAP – Feira Internacional de Máquinas para Trabalhar Madeira (17.ª edição) vão juntar forças este ano.

 

Peça informação e/ou orçamento

 

Não foi possível enviar a informação devido a um erroNão foi possível enviar parte da informação.
Por favor, tente de novo
Por favor, tente de novo

Setores representados alimentam perto de meio milhão de postos de trabalho em Portugal e têm uma capacidade exportadora de quase 13,5 mil milhões de euros.

A EMAF - Feira Internacional de Máquinas, Equipamentos e Serviços para a Indústria (14.ª edição) e a FIMAP - Feira Internacional de Máquinas para Trabalhar Madeira (17.ª edição) vão juntar forças este ano. A aliança inclui o FERRÁLIA - Salão de Acessórios e Equipamentos para a Indústria da Madeira (12.ª edição) e garantirá visibilidade máxima para o setor de 21 a 24 de novembro, quando estes três importantes segmentos da economia portuguesa transformarem a EXPONOR na maior montra da oferta tecnológica industrial do País.

Na união que faz a força do trio, a estatística serve de lupa e amplia a relevância do acontecimento para a economia portuguesa.

Só o setor metalúrgico e metalomecânico representará no final deste ano, segundo o mais recente estudo da Associação dos Industriais Metalúrgicos, Metalomecânicos e Afins de Portugal (AIMMAP) - que colabora com a EXPONOR na realização do evento -, cerca de 26 mil milhões de euros de faturação na economia portuguesa, sendo que metade da produção se refere a exportações (34% de toda a industria transformadora). Traduzido em graúdos: estamos perante uma atividade responsável por um Valor Acrescentado Bruto em torno dos 6,1 mil milhões de euros e 218 mil empregos (28% da indústria transformadora).

A esta dimensão acresce a da fileira da madeira e do mobiliário: alimentava - até há bem pouco tempo - cerca de 260 mil postos de trabalho diretos e indiretos (cinco por cento do emprego industrial) e era protagonista de mais de 10 por cento das exportações nacionais (1.100 milhões de euros).

Na caracterização da Associação das Indústrias de Madeira e Mobiliário de Portugal (AIMMP), que também empresta o seu apoio à organização da Feira Internacional do Porto, os negócios do tecido empresarial representarão uma realidade muito próxima dos 4% do Produto Interno Bruto Nacional, 14% do PIB industrial e 5% do VAB total da economia lusa.

Concurso de Inovação alarga-se às universidades e aos protótipos

Mais do que nunca, o momento que a EXPONOR está a preparar servirá para incrementar a reunião entre a indústria transformadora, os institutos de investigação e desenvolvimento (I&D) e as universidades. Exemplo disso mesmo é a abertura do Concurso de Inovação (6.ª edição) a estas últimas e aos protótipos.

Sob dinamização da revista técnico-científica «Robótica», a iniciativa, recorde-se, distingue as empresas e os projetos que nos últimos dois anos se notabilizaram no desenvolvimento de tecnologias e soluções inovadoras, incorporadas - ou a incorporar - no processo produtivo industrial. O Concurso divide-se nas categorias de Inovação Nacional (Prémio Leonardo da Vinci) e Inovação Internacional (Prémio Nicola Tesla).

«No contacto que vamos mantendo com as empresas expositoras, e pelas evidências dos últimos tempos, é notória uma evolução significativa - em quantidade e qualidade - nas tecnologias de produção nacionais, que exportam praticamente metade do que fabricam. Os quatro dias de novembro permitirão sedimentar essa realidade e criar ainda mais oportunidades de negócio, dentro e fora de portas», assevera o diretor da feira, José Martins.

Para o responsável da EXPONOR, a «oferta mais diversificada» de máquinas, equipamentos e serviços para a indústria permitirá «expandir a malha dos encontros de negócios em preparação», tanto com decisores e/ou compradores nacionais como internacionais. «Quanto mais cedo as empresas se inscreverem melhor correrá o programa que projetámos», sublinha.

A oito meses da abertura, a organização segue entretanto várias linhas de abordagem ao acontecimento. Uma delas dará tratamento especial às "start ups" saídas das incubadoras de empresas, a bem da renovação do tecido e da inovação que o mercado precisa.

Depois, haverá ainda um «realinhamento com os pólos de competitividade e tecnologia», que, garante José Martins, estarão igualmente representados; para além de uma «aposta renovada» no segmento da subcontratação, ao qual a atual conjuntura veio conferir redobrados desafios.

De 2002 até 2010, os certames (bienais) expuseram as novidades de 5.454 empresas expositoras e receberam 349.837 visitas de profissionais dos setores representados.

Síntese:

EMAF 2012 - 14.ª Feira Internacional de Máquinas, Equipamentos e Serviços para a Indústria

  • Periodicidade: bienal
  • Data: 21 a 24 de novembro
  • Horário: das 10h00 às 20h00, todos os dias

Em exposição: máquinas-ferramenta; moldes; manutenção industrial; fundição e sinterização; limpeza industrial; logística e transporte; química e laboratórios; moldes; plásticos e borrachas; instrumentação, automação e controlo; robótica e informática aplicada à indústria; produtos de metalurgia e metalomecânica; produtos, serviços e equipamentos de segurança; qualidade; subcontratação; entre outros.

Perfil do visitante: empresários; gestores e dirigentes com competências ao nível do processo produtivo da empresa; quadros técnicos; diretores de produção, compras, provisionamento, comerciais e qualidade; engenheiros; investigadores; projetistas; e consultores.

Colaboração: AIMMAP - Associação dos Industriais Metalúrgicos, Metalomecânicos e Afins de Portugal; ANEMM - Associação Nacional das Empresas Metalúrgicas e Metalomecânicas; CEFAMOL - Associação Nacional da Indústria de Moldes; ANIMEE - Associação Nacional das Indústrias Elétricas e Eletrónicas; APIP - Associação Portuguesa da Indústria de Plástico.

FIMAP - 17.ª Feira Internacional de Máquinas para Trabalhar Madeira

FERRÁLIA - 12.º Salão de Acessórios e Equipamentos para a Indústria da Madeira

  • Data: de 21 a 24 de novembro
  • Horário: das 10:00 às 20:00, todos os dias
  • Organização e local: EXPONOR - Feira Internacional do Porto (Matosinhos)

Em exposição: na FIMAP - máquinas de corte; máquinas de serrar; fresadoras; máquinas perfuradoras; máquinas de lixar e polir; máquinas combinadas de carpintaria, máquinas de deformar; máquinas de montar e revestir superfícies; máquinas de colar; prensas; máquinas para tratamento de madeira; máquinas portáteis; veículos, ferramentas e outro equipamento auxiliar. No FERRÁLIA - madeiras e derivados; tintas; vernizes; colas; caixilharia e acessórios para mobiliário; produtos químicos para tratamento da madeira.

Perfil do visitante: arquitetos e decoradores; associações e instituições; carpinteiros, instaladores e reformadores; cooperativas agrícolas; escolas e centros de formação; fabricantes de mobiliário; fornecedores para armazéns; indústria auxiliar e subcontratação; imprensa especializada; outros profissionais.

Telefone
Clique aqui para ver telefone
Página web
Visite o site da empresa
E-mail
Enviar E-mail
Morada EXPONOR - Feira Internacional do Porto
4450-617  Leça da Palmeira
Porto - PORTUGAL
(Clique aqui para ver o mapa)