O DIRETÓRIO INDUSTRIAL
Contacte diretamente com as empresas

EMAF tem nove empresas a competir pelo Prémio de Inovação


 

Peça informação

 

Não foi possível enviar a informação devido a um erroNão foi possível enviar parte da informação.
Por favor, tente de novo
Por favor, tente de novo

Soluções tecnológicas em concurso são 10 e vieram melhorar o processo produtivo de vários segmentos industriais. Polónia é o país convidado da feira.

São nove as empresas candidatas a figurar na galeria dos vencedores do 5.º Concurso de Inovação que, sob dinamização da EXPONOR e da revista técnico-científica «Robótica», decorre uma vez mais sob a égide da EMAF - Exposição Internacional de Máquinas-ferramenta e Acessórios, cuja 13.ª edição decorrerá na Feira Internacional do Porto de 10 a 13 próximos.

Sob o "guarda-chuva" do maior pólo de negócios do sector industrial português, a iniciativa visa distinguir as empresas expositoras (nacionais, com o prémio "Leonardo da Vinci", e internacionais, com o prémio "Nicola Tesla") que ao longo dos últimos dois anos se notabilizaram no desenvolvimento de tecnologias inovadoras, ao criar soluções industriais incorporadoras de originalidade e operacionalidade aplicadas ao processo produtivo.

E passada que está a fase de validação das candidaturas recebidas, a etapa final tem em competição 10 soluções tecnológicas, apresentadas pela Adira, BCS Portugal - Máquinas Agrícolas, Etopi - Equipamentos Técnicos e Órgãos Pneumáticos para a Indústria, Eurotecnologia - Máquinas e Equipamentos Industriais, Infaimon (com dois produtos), Motoman Robotics Ibérica, SEW-Eurodrive Portugal, Slidelog - Sistemas Logísticos e TEandM - Tecnologias e Engenharia de Materiais.

No crivo do concurso estão, respectivamente, uma máquina de corte por laser de fibra, uma moto-soldadora e gerador, um compressor de parafuso isento de óleo, uma ferramenta de alinhamento de veios a laser, uma câmara para aplicações de triangulação laser e uma outra de visão 3D, um robô de soldadura de sete eixos, um servo-fuso (sistema de accionamento mecatrónico), um sistema de "picking" (separação e preparação de pedidos) e, por último, um componente de precisão de titânio (aceda a http://www.emaf.exponor.pt/ para conhecer alguns pormenores técnicos dos sistemas em análise).

A avaliar a qualidade das propostas está um júri de reconhecidos créditos, de que fazem parte Norberto Pires (enquanto presidente), do Departamento de Mecânica da Universidade de Coimbra e director da "Robótica", Fernando Ribeiro, do Departamento de Electrónica Industrial da Universidade do Minho e da Sociedade Portuguesa de Robótica, António Moreira, do Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto e membro da SPR, Teresa Restivo, do Departamento de Engenharia Mecânica da FEUP, e, ainda, Borges Gouveia, do Departamento de Engenharia e Gestão Industrial da Universidade de Aveiro.

Os projectos vencedores serão conhecidos no dia (10) inaugural da EMAF, às 17,30 horas, durante o seminário «Industrial Automation - new trends and perspectives» (Auditório B4), e serão colocados em exposição na própria feira, no Espaço Inovação.

Quatro pavilhões ocupados por 300 empresas

O certame  estender-se-á por quatro pavilhões da EXPONOR e exibirá as novidades técnicas e tecnológicas de cerca de 300 empresas expositoras, abrangendo as máquinas-ferramenta e acessórios, a manutenção industrial, a metalurgia, a metalomecânica e diversificados produtos e serviços para a indústria.

O acontecimento confirma, assim, ser a montra nacional de um sector empresarialmente heterogéneo e multidisciplinar, numa edição que conta com a Polónia como país convidado. Através da embaixada polaca em Portugal, várias empresas deste país centro europeu far-se-ão representar no evento, em busca de oportunidades de negócios.

De uma outra forma, a EMAF 2010 promove a visita de vários compradores e decisores da Polónia, por intermédio do seu programa "EXPONOR International Buyers".

A Complex Automotive Bearings (que comercializa peças para indústria de automóvel e para a reparação de máquinas), a F.H. Perfecto (que representa várias empresas portuguesas com interesses na Polónia), a Veltech (importação e distribuição de equipamento industrial, principalmente de soldadura), a Śląskie Zakłady Armatury Przemysłowej ARMAK (produção e distribuição de válvulas de segurança e retenção e variadíssimos acessórios industriais), a Complex (comercialização de rolamentos e peças de máquinas), a Stanmot Hurtownia Narzędzi i Akcesoriów Motoryzacyjnych (importação e distribuição grossista de ferramentas e acessórios de automóvel), a APS - Automatic Data Control (automação industrial) e a INTE - Maszyny (produção de guilhotinas hidráulicas e prensas para tratamento de chapas de elevada espessura) são algumas das empresas que confirmaram a deslocação de seus representantes à feira.

Da Rússia virá um alto responsável do grupo Weber Comechanics (um dos maiores distribuidores e centros de serviço no segmento do tratamento de metais e equipamento robotizado), da Estónia chegará o proprietário da SVSMET (que vende equipamento industrial igualmente para a Rússia) e da França a EMAF receberá titulares da firma MTI.

Este esforço de promoção internacional conhece igualmente derivações para o Centro de Congressos da EXPONOR, onde a Embaixada da Polónia organizará um seminário de negócios (dia 11).

A feira, de facto, não se esgota na componente de negócio. É também um fórum de debate, desdobrando-se - para o Centro de Congressos da EXPONOR - em múltiplas manifestações complementares, que podem ser conferidas em http://www.emaf.exponor.pt/.

Telefone
Clique aqui para ver telefone
Página web
Visite o site da empresa
E-mail
Enviar E-mail
Morada EXPONOR - Feira Internacional do Porto
4450-617  Leça da Palmeira
Porto - PORTUGAL
(Clique aqui para ver o mapa)