O DIRETÓRIO INDUSTRIAL
Contacte diretamente com as empresas

Conferências DH - Marketing no Ponto de Venda superou expectativas

  • 08/11/2010, Lisboa

  • A segunda edição das “Conferências DH” reuniu no Hotel Villa Rica, em Lisboa, mais de 200 profissionais que debateram o Marketing no Ponto de Venda.
  • Empresa: IFE Portugal

 

Peça informação e/ou orçamento

 

Não foi possível enviar a informação devido a um erroNão foi possível enviar parte da informação.
Por favor, tente de novo
Por favor, tente de novo

Organizada pela revista Distribuição Hoje (DH) e pela IFE - International Faculty for Executives, a conferência incidiu sobre um tema actual, ou não estivéssemos, como revelou Joana Correia, editora da revista DH, num mundo em que "o consumo e o consumidor estão a mudar" e isso leva, obrigatoriamente, a alterações na forma como se comunica.

Joana Correia acrescenta ainda que "as expectativas que tínhamos quando começamos a organizar esta conferência já eram altas, porque tínhamos percebido que havia um grande interesse na temática do Marketing do ponto de venda, mas a verdade é que foram totalmente ultrapassadas. A qualidade dos oradores e das apresentações foi elevada e conseguimos reunir numa sala mais de duas centenas de assistentes. E como me diziam há pouco, mais do que a quantidade foi, sem dúvida importante, a qualidade dos profissionais que estavam na audiência e que eram pessoas com cargos de topo."

A primeira intervenção esteve a cargo de Pedro Miguel Silva, senior manager de consultoria da Deloitte, sob o tema "Análise das novas tendências de consumo: novos estilos de vida, novas atitudes, novas exigências e novas necessidades". A reter fica a ideia que além dos atributos da loja e atributos do produto, existe uma terceira dimensão que afecta o comportamento de compra do consumidor, e foi essa dimensão que foi estudada pela empresa, juntamente com o Coca-Cola Retailing Research Council Europe, em 6 países europeus e EUA. Entre algumas conclusões, fica a de que "o driver da maioria dos shoppers é o hábito", com 57% dos inquiridos a revelar que escolhe determinado espaço comercial porque é aquele a que costuma ir. Também destaque para a informação que, independentemente do tipo de consumidor, os primeiros atributos a serem pesquisados, considerando os produtos alimentares, são sempre o preço e a data de validade.

A intervenção seguinte foi da responsabilidade de Carmen Castro, account manager da Metris/GfK, com o tema em destaque de "Análise do comportamento do consumidor: Impacto do material no ponto de venda". Foram apresentadas algumas conclusões do estudo realizado em 2009, juntamente com a POPAI, em superfícies nacionais. Parte-se do pressuposto actualmente que os shoppers estão mais exigentes, querem comprar em qualquer lugar e em qualquer hora, querem ser estimulados, querem estar em controlo, e procuram recompensas emocionais. Segundo o estudo, ao escolher uma loja a proximidade de casa é o factor mais tido em conta (49%); seguido da prática de bons preços (35%), e na terceira posição o hábito (23%). Concluiu-se também que o folheto da loja é importante em alguns casos (hipermercados, basicamente), funcionando até como uma espécie de listas de compras.

No final da primeira metade da conferência houve espaço para uma mesa redonda, com Pedro Jacques de Sousa da Popai Portugal como moderador, e que juntou Rodrigo Carmona, responsável de Departamento de Customer Marketing da Kraft Foods Portugal; Susana Fernandes, directora executiva da Incyte Ativism; e Nuno Pena, director de marketing das Lojas Francas Portugal. A conversa girou sob a égide do tema "De que forma os diferentes comportamentos do shopper podem influenciar o ponto de venda".

A segunda parte da conferência foi dedicada aos casos práticos. Primeiro, Clarinda de Sousa Rodrigues, general manager da My.Sensys, agência de branding sensorial, sob o tema "Como melhorar a relação com o shopper no ponto de venda através do Interactive Digital Signage: Casos Práticos Internacionais", onde revelou algumas aplicações da tecnologia interactiva no ponto de venda, sempre tendo em mente a vertente lúdica associada ao acto de consumo.

Seguiu-se Armando Mateus, managing partner da nexium Customer, com um caso prático da antiga Esso, sob o tema "Como fazer do trade marketing uma experiência inesquecível para o consumidor Caso prático da Esso", onde relatou a conversão das lojas das estações de serviço da antiga empresa, sempre com o objectivo de "melhorar a experiência do consumidor e convertê-lo para um comprador que gasta dinheiro".

Por último, espaço para o caso prático apresentado por Sílvio Macedo, director-geral da Xarevision, sobre "O poder do Digital Signage no retalho: um meio de massas que aumenta vendas: caso prático Sonae MC". Destaque para a transformação do painel de número de senha num ecrã onde passa outro tipo de informação (publicidade, por exemplo), e de como as próprias senhas podem servir também como vales de desconto de determinado produto. E, claro, o incremento de vendas que isso implicou no caso apresentado.

Esta segunda edição contou com o apoio da associação Popai e com o patrocínio platinium da My. Sensys, nexium Customer Solutions e Xarevision, assim como com o patrocínio gold da Ubisign.

Conclui-se que "a 2.ª Conferência da revista Distribuição Hoje revelou-se um enorme sucesso não só pela pertinência dos temas discutidos, como pela adesão dos profissionais a este evento. Vem sublinhar ainda mais a importância deste tipo de encontros profissionais promovidos por órgãos de comunicação social de prestígio, como ė o caso da DH. É, certamente, uma acção a repetir nos próximos meses criando uma maior e contínua ligação entre a revista e os seus leitores", declara Filipe Gil, Director Editorial da Distribuição Hoje.


Sobre a IFE:
A IFE - International Faculty for Executives é a filial portuguesa da multinacional francesa EFE (Édition Formation Enterprise), um importante actor europeu na área da gestão do conhecimento, fundado em 1989 por Patrice Bougon. Actualmente o grupo EFE está presente em 6 países europeus - França, Bélgica, Luxemburgo, Suíça, Espanha e Portugal. No nosso país desde 1998, a IFE - International Faculty for Executives desenvolve a sua actividade na área da formação Inter e Intra-Empresas, dos Congressos, Salões e Feiras Profissionais e das publicações especializadas, nas mais diversas áreas de interesse para as organizações.

No âmbito da sua estratégia de expansão para mercados internacionais, e respondendo às muitas solicitações que tem recebido, a IFE coloca à disposição das instituições e quadros angolanos a sua experiência na área da gestão do conhecimento e do capital humano, através da criação, em 2009, de uma unidade de formação exclusiva, a IFE Angola.

Telefone
Clique aqui para ver telefone
Página web
Visite o site da empresa
E-mail
Enviar E-mail
Morada Rua Basílio Teles, 35-1º Dtº
1070-020  Lisboa
Lisboa - PORTUGAL
(Clique aqui para ver o mapa)