O DIRETÓRIO INDUSTRIAL
Contacte diretamente com as empresas

Linde Material Handling apresenta a automatização como um dos tópicos principais no World of Material Handling (WoMH)

  • 20/05/2016, Alcochete (Lisboa)

  • No evento para clientes no World of Material Handling (WoMH), a Linde Material Handling apresenta novas ideias e novos produtos no contexto da logística automatizada. Trata-se aqui de lançar um olhar sobre o futuro próximo e o futuro mais distante.

 

Peça informação e/ou orçamento

 

Não foi possível enviar a informação devido a um erroNão foi possível enviar parte da informação.
Por favor, tente de novo
Por favor, tente de novo

A logística muda para o sistema automático 

Perante a oferta crescente de equipamentos de movimentação com deslocação e elevação autónomas, esboça-se uma mudança de paradigma: os limites entre o manual e o completamente automático esbatem-se cada vez mais. No evento para clientes no World of Material Handling (WoMH), a Linde Material Handling apresenta novas ideias e novos produtos no contexto da logística automatizada. Trata-se aqui de lançar um olhar sobre o futuro próximo e o futuro mais distante: Como é possível implementar a "smart factory", a fábrica inteligente, e em que medida a automatização e a interligação estão relacionadas?

Um empilhador de corredor estreito recolhe uma palete de uma estante, pousa-a num ponto de transferência, onde esta é recolhida por um stacker, sendo depois depositada num tapete transportador após um breve trajeto de transporte. Depois de a palete seguir o curso do tapete transportador e chegar à outra extremidade, ela é recolhida por um Linde Factory Train em espera, que a transporta até outra estante - tudo isto acontece de forma completamente automática, sem que um condutor tenha de controlar os equipamentos. Com este ciclo de trabalho de várias etapas, a Linde mostra no WoMH o que já seria possível com equipamentos de movimentação autónomos e como é que uma transferência automatizada de cargas entre veículos autónomos pode ocorrer. Esta é uma visão para a "smart factory", a fábrica inteligente do futuro. E a Linde já está, com a sua gama de produtos, a caminho deste futuro.

O assunto do futuro: a interação entre vários equipamentos

"Rebocar, transportar, armazenar - teremos uma solução automatizada para todas as categorias", afirma Tobias Zierhut, Head of Product & Service Marketing da Linde MH. Muitas aplicações constituirão, no futuro, um sistema interligado. Zierhut está convencido de que "A interação completamente automatizada entre vários modelos de equipamentos é um tema do futuro, especialmente na ligação entre produção e espaço de armazém." Incluindo uma integração no Warehouse Management, onde os dados são avaliados, ordens de condução são geradas e onde os colaboradores têm uma visibilidade permanente da posição de todos os equipamentos ou mercadorias.

O empilhador de corredor estreito ampliará a frota automatizada

Simultaneamente, desenvolvem-se, sobretudo na logística do armazém, cada vez mais combinações entre equipamentos de movimentação controlados manualmente e sistemas de transporte e de estantes completamente automatizados. Um outro elemento é o empilhador de corredor estreito K-MATIC, que será apresentado no WoMH como pré-estreia: com o novo equipamento "driven by Balyo" da Linde Robotics, que deverá chegar ao mercado no final do ano, a área de trabalho da frota autónoma da Linde expande-se ao nível vertical. O empilhador automático para corredores estreitos desloca-se pela estante através de um guiamento por carris ou fio de guia e recolhe ou descarrega mercadorias dos dois lados. Assim que tiver de mudar de corredor durante o trabalho, ele desloca-se sem guiamento mecânico através de geonavegação. "Existe uma clara tendência para corredores estreitos na Europa devido aos preços crescentes dos terrenos e à grande rotatividade de mercadorias", afirma Zierhut. "A automatização oferece aos nossos clientes a possibilidade de conseguir outros aumentos da eficiência." Corredores estreitos, densidades de carga elevadas e alturas de elevação de 12 metros e superiores representam o ambiente ideal para o K-MATIC da Linde. O order-picker para estantes altas é o quinto modelo da frota Linde Robotics, que abrange já dois stackers de grande elevação (L-MATIC), um trator de reboque (P-MATIC) e um porta-paletes (T-MATIC).

Os clientes querem introduzir os sistemas autónomos gradualmente

"A automatização não será a única solução para todos os desafios logísticos futuros, mas desempenhará um papel importante", afirma Massimiliano Sammartano, Vice President de Sales & Service Marketing & Operations, Linde MH. A médio prazo, o programa deve, por isso, continuar a ser desenvolvido. A particularidade dos equipamentos da linha Linde Robotics é a geonavegação, através da qual os equipamentos conseguem orientar-se livremente no espaço sem qualquer outra infraestrutura. Outras vantagens da frota MATIC consistem no seu elevado potencial para a interligação com máquinas e instalações, a elevada segurança rodoviária através de componentes como sensores, scanners e câmaras, bem como a possibilidade de alternar a qualquer momento entre a condução autónoma e a operação manual. "Por parte do cliente, existe um grande interesse em soluções automatizadas que possam ser integradas gradualmente na logística operacional existente", diz Zierhut. E a Linde oferece a solução perfeita para o efeito.

Tendências de futuro: interligação, automatização, individualização, sistemas energéticos

Sob o lema "Linked Perspectives", o WoMH dá resposta aos maiores temas do futuro na área da logística: paralelamente à individualização, também a interligação, a automatização e os sistemas energéticos são abordados. "A logística interna será cada vez mais interligada, digitalizada e automatizada", afirma Sammartano. Em 12 000 metros quadrados encontram-se áreas de exposição, apresentações em 3D, fóruns de especialistas, amostras de produtos e áreas de experiências. Os conteúdos podem ser esclarecidos em dinâmicas de grupo ou descobertos individualmente. "Depois do espetáculo de desempenho abrangente de há dois anos, este ano concentrámo-nos nos quatro grandes campos de competências, que num futuro próximo irão desempenhar um papel decisivo para os nossos clientes", diz Manfred Höhn, Head of Marketing Communication and Branding.

Telefone
Clique aqui para ver telefone
Página web
Visite o site da empresa
E-mail
Enviar E-mail
Morada Zona Industrial do Passil, Lote 102
2890-182  Alcochete
Lisboa - PORTUGAL
(Clique aqui para ver o mapa)