O DIRETÓRIO INDUSTRIAL
Contacte diretamente com as empresas

SAP Prevê Continuar a Crescer a um Ritmo de Dois Dígitos em 2008

  • 30/01/2008, Lisboa

  • A SAP prevê que as suas receitas de software e de serviços relacionados com software Non- GAAP, em 2008, cresçam num intervalo de 24% a 27%, com base em taxas de câmbio fixas.
  • Empresa: SAP Portugal

 
A SAP prevê que as suas receitas de software e de serviços relacionados com software Non- GAAP, em 2008, cresçam num intervalo de 24% a 27%, com base em taxas de câmbio fixas.

A SAP AG (NYSE: SAP), fornecedor líder de soluções de software empresarial, anunciou hoje os seus resultados financeiros preliminares para o Quarto Trimestre de 2007 e para o Ano de 2007, com o período em análise a terminar a 31 de Dezembro do mesmo ano.

Destaques do Ano 2007

Receitas
  • As receitas de software e de serviços relacionados com software em 2007 foram de €7.43 mil milhões (2006: €6.60 mil milhões), o que representa um crescimento de 13% (17% a uma taxa de câmbio fixa), em comparação com o mesmo período em 2006.
  • As receitas de software para 2007 foram de €3.41 mil milhões (2006: €3.00 mil milhões), o que representa um crescimento de 13% (18% a uma taxa de câmbio fixa), em comparação com 2006.
  • As receitas totais foram de €10.25 mil milhões (2006: €9.39 mil milhões), o que representa um aumento de 9% (13% a uma taxa de câmbio fixa), em comparação com 2006.

Lucros
  • Os resultados operacionais de 2007 foram de €2.74 mil milhões (2006: €2.58 mil milhões), o que representa um aumento de 6% quando comparado com o ano passado.
  • A margem operacional de 2007 foi de 26.7%, comparado com 27.4% em 2006. A margem operacional de 2007 foi afectada pelos investimentos de aproximadamente €125 milhões no desenvolvimento de negócio em torno da nova solução SAP® Business ByDesign, que endereça novos segmentos de mercado de média dimensão, como foi anunciado pela SAP no início do ano 2007.
  • Os resultados líquidos e ganhos por acção de 2007 foram de €1.60 (2006: 1.53), o que significa um aumento de 5%, em comparação com 2006. Lucros e ganhos por acção foram positivamente afectados por um benefício extraordinário não recorrente de aproximadamente €85 milhões, que reduziu a taxa de imposto de 2006 em 3.2 pontos percentuais. A taxa de imposto efectiva de 2007 de resultados líquidos foi de 32.2% (2006: 29.9%).

Quota de Mercado de Aplicações de NegócioA SAP continua a ganhar quota de mercado, pelo oitavo trimestre consecutivo. Baseada nas receitas de 2007 em software e serviços relacionados com software, em quatro trimestres consecutivos, a quota de mercado mundial da SAP em aplicações de negócio é de aproximadamente 36.7 mil milhões de US Dólares, como definido pela empresa e com base num estudo de analistas do sector, aumentando para 28.4% no quarto trimestre de 2007, comparativamente a 26.9% no final de quatro trimestres consecutivos terminados em 30 de Setembro de 2007 e a 24.4% no final de quatro trimestres consecutivos terminados em 31 de Dezembro de 2006, representando um ganho de quota, de ano para ano, de 4 pontos percentuais.

“O ano 2007 foi excelente para a SAP com um forte crescimento no software e nos serviços relacionados com software”, afirma Henning Kagermann, CEO da SAP.“Este desempenho considerável demonstra o sucesso continuado do nosso negócio, que continuará a ser a nossa força para crescermos em 2008 e nos próximos anos. Temos a expectativa de novas inovações, como o SAP Business ByDesign, com o objectivo de endereçarmos novas oportunidades no segmento do mercado de média dimensão e de conseguirmos um crescimento cada vez maior. Adicionalmente, a recente aquisição da Business Objects transforma a SAP no líder destacado no que toca a produtos de optimização da performance de negócio, ajudando-nos a entrar de forma mais rápida no segmento do utilizador de negócio, sendo este também um dos vectores de crescimento para os próximos anos”.

Destaques do Quarto Trimestre de 2007

Receitas
  • As receitas de software e de serviços relacionados com software no quarto trimestre de 2007 foram de €2.47 mil milhões (2006: €2.19 mil milhões), o que representa um aumento de 13% (17% a uma taxa de câmbio fixa), comparado com o mesmo período em 2006.
  • As receitas de software foram de €1.42 mil milhões (2006: €1.24 mil milhões), representando um aumento de 14% (18% a uma taxa de câmbio fixa), comparado com o mesmo período em 2006.
  • As receitas totais foram de €3.24 mil milhões para o quarto trimestre de 2007 (2006: €2.95 mil milhões), o que representa um aumento de 10% (14% a uma taxa de câmbio fixa), quando comparado a igual período em 2006.

Lucros
  • Os resultados operacionais para o quarto trimestre de 2007 foram de €1.11 mil milhões (2006: €1.09 mil milhões), o que representa um aumento de 2% quando comparado com o quarto trimestre de 2006.
  • A margem operacional no quarto trimestre de 2007 foi de 34.3%, comparado com os 36.9% no mesmo período do ano passado. A margem operacional do quarto trimestre de 2007 foi afectada por investimentos de aproximadamente €40 milhões para o desenvolvimento de negócio em torno da nova solução SAP Business ByDesign e para endereçar novos segmentos de mercado de média dimensão, como foi anunciado pela SAP no início do ano 2007.
  • Os ganhos por acção de resultados líquidos do quarto trimestre de 2007 foram de €0.63 (2006: €0.66).

Cash Flow
O cash flow operacional para 2007 foi de €1.99 mil milhões (2006: €1.86 mil milhões). O free cash flow para 2007 foi de €1.58 mil milhões (2006: €1.49 mil milhões), o que representa 15% das receitas totais (2006: 16%). A 31 de Dezembro de 2007, a SAP tinha €2.8 mil milhões de activos líquidos e investimentos de curto prazo e restricted cash (31 de Dezembro de 2006: €3.3 mil milhões).

Retoma de Acções
No quarto trimestre de 2007, a SAP retomou 6.9 milhões de acções a um preço médio de €36.25 (valor total: €249 milhões). A 31 de Dezembro de 2007, a empresa detinha uma carteira de 48.1 milhões de acções (aproximadamente 3.9% do total das acções excedentes) a um preço médio de €36.07. Para o ano completo de 2007, a empresa investiu mil milhões de Euros na recompra de aproximadamente 27.3 milhões de acções (2.19% do total das acções excedentes) a um preço médio de €36.85. Para 2008, a SAP espera que o seu investimento seja de aproximadamente €500 milhões na recompra de acções.

PREVISÕES DE NEGÓCIO
A SAP disponibilizou as seguintes previsões para o ano completo de 2008:
  • A SAP espera que as receitas de software e de serviços relacionados com software Non-GAAP para o ano de 2008, excluindo aproximadamente €180 milhões relativas à aquisição da Business Objects, aumentem num intervalo de 24% a 27% a uma taxa de câmbio fixa (2007: €7.428 mil milhões). O negócio da SAP, excluindo a contribuição da Business Objects, contribuirá com 12 a 14 pontos percentuais para este crescimento.
  • A empresa espera que a margem operacional Non-GAAP para o ano de 2008, a uma taxa de câmbio fixa e excluindo o apoio às receitas criado a partir da aquisição da Business Objects e as despesas relacionadas com esta aquisição, aumente entre 27.5% e 28% (Margem Operacional Non-GAAP 2007: 27.3%). A previsão para a margem operacional Non-GAAP em 2008 inclui os investimentos de €175 a €225 milhões (2007: €125 milhões), de forma a desenvolver o negócio da nova solução SAP Business ByDesign, para endereçar novos segmentos de mercado de média dimensão.
  • A empresa está a projectar uma taxa efectiva de imposto de 31% a 31.5% (de acordo com os resultados operacionais de U.S.GAAP) para 2008.


Sobre a SAP
A SAP é o fornecedor líder mundial de software empresarial. Actualmente, mais de 46.100 clientes em mais de 120 países usam as aplicações SAP® - desde soluções distintas que respondem às necessidades das pequenas e médias empresas até à oferta de suites para organizações globais. Baseadas na plataforma SAP NetWeaver®, que facilita a inovação do negócio e permite ágeis mudanças empresariais, o software de negócio da SAP ajuda as empresas de todas as dimensões, em todo o mundo, a melhorar as relações com os clientes e a facilitar a colaboração com parceiros, criando eficiências nas cadeias de fornecimento e nas suas operações de negócio. As soluções sectoriais da SAP apoiam os processos de negócio específicos de mais de 25 sectores de actividade, incluindo retalho, saúde, sector público e serviços financeiros. Com presença directa em mais de 50 países, a empresa está cotada em várias bolsas, incluindo a de Frankfurt e a de NYSE, sob o símbolo “SAP.”