O DIRETÓRIO INDUSTRIAL
Contacte diretamente com as empresas

SAP regista um forte crescimento no segundo trimestre de 2008

  • 30/07/2008, Lisboa

  • A SAP continua a ganhar quota de mercado pelo décimo trimestre consecutivo.
  • Empresa: SAP Portugal

 
A SAP AG (NYSE: SAP), fornecedor líder mundial de soluções de software empresarial, acaba de anunciar os seus resultados financeiros preliminares para o segundo trimestre de 2008, que terminou no passado dia 30 de Junho, apresentando um crescimento de dois dígitos em todas as regiões.

Destaques do Segundo Trimestre de 2008

Receitas
  • As receitas U.S. GAAP de software e de serviços relacionados com software para o segundo trimestre de 2008 foram de €2.06 mil milhões (2007: €1.70 mil milhões), o que representa um crescimento de 21% em comparação com o mesmo período em 2007. As receitas Non-GAAP de software e de serviços relacionados com software, que excluem €52 milhões resultantes da aquisição da Business Objects, para o segundo trimestre de 2008 foram de €2.11 mil milhões (2007: €1.70 mil milhões). Isto representa um crescimento de 24% (32% a uma taxa de câmbio constante) em comparação com o segundo trimestre de 2007. Se a análise da SAP fosse registada em U.S. Dólares, as receitas de software e de serviços relacionados com software Non-GAAP para o segundo trimestre teriam um crescimento de 44% quando comparadas com igual período no ano transacto.
  • Excluindo a contribuição da Business Objects, o negócio da SAP contribuiu com 16 pontos percentuais, a uma taxa de câmbio constante, para o crescimento das receitas de software e de serviços relacionados com software Non-GAAP no segundo trimestre de 2008.
  • As receitas totais U.S. GAAP no segundo trimestre de 2008 foram de €2.86 mil milhões (2007: €2.42 mil milhões), o que representa um aumento de 18% de ano para ano. As receitas totais Non-GAAP, que excluem €52 milhões resultantes da aquisição da Business Objects para o segundo trimestre de 2008, foram de €2.91 mil milhões (2007: €2.42 mil milhões), o que representa um aumento de 20% (28% a uma taxa de câmbio constante) comparativamente ao mesmo período do ano passado.
  • As receitas de software U.S. GAAP para o segundo trimestre de 2008 foram de €898 milhões (2007: €716 milhões), o que representa um crescimento de 25% (34% a uma taxa de câmbio constante) em comparação com o mesmo período em 2007.


Lucros
  • Os resultados operacionais U.S. GAAP foram de €593 milhões (2007: €581 milhões), o que representa um crescimento de 2% quando comparado com o ano passado. Os resultados operacionais Non-GAAP, que excluem aproximadamente €118 milhões resultantes das receitas provenientes da aquisição da Business Objects e dos custos relacionados com a aquisição, foram de €711 milhões (2007: €594 milhões), o que representa um crescimento de 20% (30% a uma taxa de câmbio constante) quando comparado com o mesmo período em 2007.
  • A margem operacional U.S. GAAP para o segundo trimestre de 2008 foi de 20.7% (2007: 24.0%). A margem operacional Non-GAAP foi de 24.4% (2007: 24.5%), ou 25.0% a uma taxa de câmbio constante.
  • Os resultados líquidos U.S. GAAP do segundo trimestre de 2008 foram de €411 milhões (2007: €453 milhões), o que significa uma diminuição de 9%, em comparação com 2007. Os resultados líquidos Non-GAAP de operações contínuas, que excluem aproximadamente €86 milhões referentes à aquisição da Business Objects e custos relacionados com a aquisição, foram de €497 milhões (2007: €461 milhões), o que representa um crescimento de 8% quando comparado com o mesmo período do ano passado. Os resultados líquidos U.S. GAAP e Non-GAAP do segundo trimestre de 2007 foram afectadas positivamente por uma taxa de imposto efectiva de 25.5% e 25.8% respectivamente, em parte influenciadas por efeitos de impostos não recorrentes.
  • Os ganhos por acção U.S. GAAP de operações continuadas para o segundo trimestre de 2008 foram €0.34 (2007: €0.37), o que representa uma diminuição de 8% comparado com o mesmo período em 2007. Os ganhos por acção Non-GAAP foram €0.42 (2007: €0.38), o que representa um crescimento de 11% quando comparado com o mesmo período de 2007.


Quota de Mercado de Aplicações de Negócio

A SAP continua a ganhar quota de mercado pelo décimo trimestre consecutivo. Baseada nas receitas U.S. GAAP do segundo trimestre de 2008 em software e serviços relacionados com software, numa base de quatro trimestres consecutivos, a quota de mercado mundial da SAP, entre fabricantes de Aplicações Empresariais core e como definido pela empresa com base em estudos de analistas do sector, representa aproximadamente €38.1 mil milhões e foi de 33.7% no período de quatro trimestres consecutivos que terminou em 30 de Junho de 2008. Estes indicadores representam um crescimento de quota de 1.1 pontos percentuais em comparação com o período de quatro trimestres consecutivos concluídos em 31 de Março de 2008 e um crescimento de 7.7 pontos percentuais em comparação com o período de quatro trimestres consecutivos concluídos em 30 de Junho de 2007, sendo que cerca de 4.5 pontos percentuais provêm de um crescimento orgânico e 3.2 pontos percentuais referem-se à aquisição das Business Objects.

“O nosso desempenho foi bastante bom no segundo trimestre de 2008, em que alcançámos um crescimento de 32% nas receitas Non-GAAP de software e de serviços relacionados com software a uma taxa de câmbio constante. Desta forma, estamos satisfeitos por anunciar o nosso 18º trimestre consecutivo de crescimento de dois dígitos.” afirma Henning Kagermann, co-CEO da SAP. “O nosso crescimento orgânico, excluindo a contribuição da Business Objects, foi impressionante, tendo contribuído 16 pontos percentuais para o crescimento das receitas de software e de serviços relacionados com software a uma taxa de câmbio constante. O grande crescimento da SAP deve-se não só ao excelente desempenho global como também ao nosso domínio contínuo nas três vertentes em que assenta o negócio da SAP – o negócio já estabelecido, o segmento de médias empresas e as soluções para utilizadores profissionais de negócio.”

Kargermann acrescenta, ainda, “A SAP é única, na medida em que oferece uma plataforma de processos de negócio verdadeiramente aberta, que serve de base para uma suite completa de soluções de software totalmente integradas e em torno da qual um ecossistema bastante dinâmico desenvolve soluções. A nossa oferta coloca-nos em posição de disponilizar soluções estratégicas para os CEOs, quer estes procurem eficiência, conformidade ou crescimento para as suas empresas.”

Cash Flow
  • O cash flow operacional para os primeiros seis meses de 2008 foi de €1.37 mil milhões (2007: €1.02 mil milhões). O free cash flow para os primeiros seis meses de 2008 foi de €1.20 mil milhões (2007: €828 milhões), o que representa 23% das receitas totais (2007: 18%). A 30 de Junho de 2008, a SAP tinha €1.5 mil milhões de activos líquidos, de investimentos de curto prazo e de cash e restricted cash (31 de Dezembro de 2007: €2.8 mil milhões).

Retoma de Acções
No segundo trimestre de 2008, a SAP retomou 3.8 milhões de acções a um preço médio de €32.58 (valor total: €124.2 milhões). Do total de acções compradas no segundo trimestre, 265.971 acções foram adquiridas por colaboradores com interesse na bolsa de acordo com programas de compensação baseados em acções da SAP. O número de acções recompradas no segundo trimestre de 2008 representa 0.31% do total das acções excedentes. A 30 de Junho de 2008, a empresa detinha uma carteira de acções no valor de 57.9 milhões (aproximadamente 4.6% do total das acções excedentes) a um preço médio de €35.31. Para os primeiros seis meses de 2008, a investiu €382.6 milhões na recompra de 11.8 milhões de acções a um preço médio de €32.31.


Sobre a SAP
A SAP é o fornecedor líder mundial de software de gestão empresarial (*), disponibilizando aplicações e serviços que permitem às organizações, de todas as dimensões e de mais de 25 sectores de actividade, tornarem-se em negócios melhor geridos. Com mais de 47.800 clientes (excluindo os clientes resultantes da aquisição da Business Objects) em mais de 120 países, a empresa está cotada em várias bolsas, incluindo a bolsa de Frankfurt e NYSE, com o símbolo “SAP”.