O DIRETÓRIO INDUSTRIAL
Contacte diretamente com as empresas

Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia / Espinho integra o Cartão de Cidadão com o seu sistema de gestão

  • 08/04/2010, Lisboa

  • O Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho (CHVNG/E) desenvolveu em parceria com a Zetes Burótica, especialista internacional de soluções de identificação automática, a integração do Cartão de Cidadão (CC) no sistema de gestão hospitalar.
  • Empresa: Burótica, Lda.

 

Peça informação e/ou orçamento

 

Não foi possível enviar a informação devido a um erroNão foi possível enviar parte da informação.
Por favor, tente de novo
Por favor, tente de novo

O Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho (CHVNG/E) desenvolveu em parceria com a Zetes Burótica, especialista internacional de soluções de identificação automática de bens e pessoas, a integração do Cartão de Cidadão (CC) no sistema de gestão hospitalar. Esta solução irá contemplar, pela primeira vez neste contexto, a consulta automática dos dados presentes no chip do CC dos utentes das unidades de saúde deste centro hospitalar.

A Zetes Burótica, entidade participante no projecto do CC através do fornecimento do software (middleware) de acesso ao chip e de leitores do cartão, está a utilizar neste projecto a suite de software CCTools, que tem vindo a desenvolver ao longo dos últimos meses, com o objectivo de assim contribuir substancialmente para a utilização do CC em serviços electrónicos e sistemas de informação, a um nível geral, sendo que a utilização do CC nesse contexto é um dos grandes objectivos do programa de governação electrónica português.

O CHVNG/E, que se torna assim pioneiro na utilização do CC em sistemas de informação na área da Saúde, considera que esta integração trará vantagens à gestão hospitalar, em geral, e ao serviço de atendimento dos utentes, em particular. Esta solução veio resolver uma necessidade premente de aceitação do CC para efeitos de identificação electrónica dos utentes, sendo que o número do utente no SNS (Serviço Nacional de Saúde) foi integrado no CC.

A utilização do CC permite uma maior rapidez no atendimento dos utentes, contribuindo para uma maior eficiência e desmaterialização dos processos internos dos serviços hospitalares. A título de exemplo, com o CC não é necessário fazer prova suplementar de residência. Com a possibilidade agora desenvolvida da leitura do número do SNS de modo automático a partir do CC e a posterior pesquisa automática dos dados do utente, reforça-se a eficiência operacional deste novo instrumento de identificação no CHVNG/E.

Telefone
Clique aqui para ver telefone
Página web
Visite o site da empresa
E-mail
Enviar E-mail
Morada Edifício Empresarial
Alameda António Sérgio, 7, R/C, Sala F
2795-023  Linda-a-Velha
Lisboa - PORTUGAL
(Clique aqui para ver o mapa)