Este site utiliza cookies próprios e de terceiros para melhorar a experiência e os serviços. Se você continuar navegando, significa que aceita o seu uso. Para mais informações, aceda a nossa Política de Cookies

A Cachapuz estabeleceu o valor de €600,00 como o salário mínimo dos seus colaboradores para 2016, valor acima do estabelecido por lei. Esta medida entrou em vigor neste mês de janeiro, começando um novo ano com um salário que, a par de outras medidas já tomadas pela empresa, visa aumentar o rendimento disponível das famílias dos colaboradores da Cachapuz.

Há muito que a Cachapuz implementa ações desta natureza, sendo que o bem-estar dos seus colaboradores é uma das principais componentes no âmbito das suas ações de responsabilidade social. "É necessário estimular e desenvolver o capital humano de uma empresa, cujo empenho e dedicação levam aos resultados e sucesso da Cachapuz" afirma a Direção da Cachapuz, citada no comunicado emitido pela empresa.

O sucesso histórico da Cachapuz deve-se, entre várias outras variáveis, ao excelente trabalho, empenho e compromisso que os colaboradores depositam diariamente nesta empresa de Braga. Esta empresa disponibiliza um conjunto alargado de medidas de carater social, entre elas: medicina preventiva e curativa, cantina que assegura uma dieta alimentar saudável, seguro de saúde, apoio à natalidade através da atribuição de um cheque-bebé de €500,00 e, mais recentemente, a devolução da sobretaxa de IRS paga em 2015 pelos seus 57 colaboradores, ao contrário da decisão do Governo no que toca a esta medida.
A Cachapuz pretende assim reafirmar a sua forte estratégia de responsabilidade social mantendo a sua equipa motivada e envolvida no seu universo de ‘peso'.