O DIRETÓRIO INDUSTRIAL
Contacte diretamente com as empresas

Cabina Linde extensível: Visibilidade excelente inclusivamente com cargas volumosas

  • 23/07/2015, Alcochete (Lisboa)

  • Esta prestação opcional, desenhada para empilhadores de grande capacidade, alcança uma altura máxima de 5,5 metros para que o operador tenha uma visão clara da carga quando circule para a frente.

 

Peça informação e/ou orçamento

 

Não foi possível enviar a informação devido a um erroNão foi possível enviar parte da informação.
Por favor, tente de novo
Por favor, tente de novo

Quanto maiores e mais volumosas são as cargas que se têm que transportar, mais elevadas são as exigências dos operadores de empilhadores. Se a visão fica bloqueada na direção dos garfos, o operador tem que circular em marcha atrás. Isto obriga a adotar uma posição que não é nem saudável, nem a mais adequada para um trabalho produtivo. Como resposta a este problema, a Linde Material Handling incorporou como opção uma inovadora solução ergonómica, uma cabina extensível, desenhada para os empilhadores de 10 a 18 toneladas. Apenas premindo um botão, esta cabina é capaz de alcançar uma altura de 5,5 metros em menos de dez segundos. A partir desta posição elevada, o operador tem uma visão clara da carga, e pode circular para a frente. A cabina extensível está especialmente indicada para tarefas de empilhamento assim como de armazenamento e recolha de mercadorias pesadas; ou também quando estas se colocam em pequenos cais de carga, por exemplo, em portas laterais de carga de aviões.

As normas alemãs de prevenção de acidentes (BGV D27) para empilhadores estabelecem que «o operador tem que olhar na direção do sentido de marcha para ter suficiente visão geral da via. Se se transportam mercadorias que obstaculizam a visibilidade, tem que circular em marcha atrás, com o inconveniente que isso supõe para o operador, uma vez que o efeito de torsão pode produzir uma carga excessiva na sua coluna vertebral, especialmente se também há vibrações».

Com a nova cabina extensível, os operadores podem evitar o transporte da carga em, caso a visão na direção dos garfos esteja bloqueada. No mesmo sentido, não tentarão mover de forma perigosa os garfos e a carga acima do nível de vista para ver o caminho debaixo desta, e poder circular para a frente. Com esta nova cabina, os operadores podem trabalhar de forma mais ergonómica e eficiente, uma vez que circular para a frente é muito mais seguro e rápido, especialmente em longas distâncias. Assim, reduz-se também o risco de danos por colisão produzidos por cargas que sobressaem lateralmente por cima do empilhador.

Movimentação intuitiva

A cabina extensível pode ser posta em marcha com uma alavanca de comando individual ou com um pulsador de valores pré-estabelecidos. A cabina é elevada a uma velocidade de 0,24 m/s, de forma que pode alcançar a sua altura máxima de 5,5 metros em menos de dez segundos. Esta posição é ideal para permitir um campo de visão completo inclusivamente quando se transportam mercadorias longas, volumosas e de grande tonelagem. O limitador de velocidade automático correspondente à altura da cabina, garante uma movimentação da mercadoria segura. Além disso, pode-se reduzir também a velocidade máxima de translação com os ajustes pré-definidos.

Numerosas soluções para uma visibilidade otimizada

Os empilhadores de grande capacidade da Linde também estão disponíveis com uma cabina giratória como alternativa à cabina extensível. Neste caso, o operador pode girar a cabina completa 180 graus, de forma que a carga fique atrás dele, pelo que dispõe de uma visão clara da direção de translação. O operador pode selecionar também ângulos e zonas de visão intermédias.

Por outro lado, a Linde desenvolveu assentos giratórios para empilhadores Linde com um intervalo de carga de 2,5 a 5 toneladas e para empilhadores com motor de combustão Linde com o intervalo de carga de 2 a 8 toneladas. Em função do modelo e do design, o assento do operador, incluídos os pedais e a coluna de direção, pode girar-se continuamente até 90 graus lateralmente, de forma que o operador fica colocado lateralmente na direção de translação. Esta caraterística melhora a ergonomia do operador na ordem dos 60 por cento. Desta forma, a manobra de marcha atrás é muito mais segura e melhora-se a proteção e atenção da saúde dos operadores, de forma que, a longo prazo, as operações da empresa são mais sustentáveis.

Telefone
Clique aqui para ver telefone
Página web
Visite o site da empresa
E-mail
Enviar E-mail
Morada Zona Industrial do Passil, Lote 102
2890-182  Alcochete
Lisboa - PORTUGAL
(Clique aqui para ver o mapa)